Resolver Questões Estude resolvendo o conjunto de questões

DIREITO ADMINISTRATIVO
Questão 121246
FCC 2018 TRT Improbidade Administrativa – Lei 8.429/92

Marcia estagiava no gabinete do desembargador de determinado Tribunal. Auxiliava o assessor na inclusão dos votos nos processos e no sistema de acompanhamento de processos, razão pela qual recebia aqueles documentos antes de se tornarem públicos. Passado certo tempo desde o início do estágio, passou a adulterar algumas decisões a pedido de interessados, recebendo, para tanto, remuneração significativa. A conduta de Marcia

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX1+yPiM4bwye9gixvPSXxIGkoecNWa9/kxU=
Questão 121250
FCC 2018 TRT Improbidade Administrativa – Lei 8.429/92

Márcio, servidor público federal, negou publicidade aos atos oficiais. Leonardo, também servidor público federal, deixou de cumprir a exigência de requisitos de acessibilidade previstos na legislação. Nos termos da Lei n° 8.429/1992, considerando estritamente as condutas narradas, bem como que ambas foram praticadas com dolo, 

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX18GWlrjxWU4KR2+X2DhY5AjxaF7mOYUGfw=
Questão 121248
FCC 2018 TRT Improbidade Administrativa – Lei 8.429/92

Considere as seguinte condutas:

I. Receber vantagem econômica de qualquer natureza, direta ou indiretamente, para omitir ato de ofício, providência ou declaração a que esteja obrigado.

II. Receber vantagem econômica de qualquer natureza, direta ou indireta, para tolerar a exploração ou a prática de jogos de azar, de lenocínio, de narcotráfico, de contrabando, de usura ou de qualquer outra atividade ilícita, ou aceitar promessa de tal vantagem.

III. Frustrar a licitude de concurso público.

IV. Permitir ou facilitar a aquisição, permuta ou locação de bem ou serviço por preço superior ao de mercado.

V. Conceder benefício administrativo ou fiscal sem a observância das formalidades legais ou regulamentares aplicáveis à espécie.

De acordo com a Lei no 8.429/1992, constituem atos de improbidade administrativa que causa lesão ao erário especificamente as condutas indicadas APENAS em

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX1/dqaPnkuieVLByDEcl4nB2COaSeGc6c+s=
Questão 121247
FCC 2018 TRT Improbidade Administrativa – Lei 8.429/92

Considere as seguintes hipóteses:

 

I. José Carlos, não sendo agente público, induziu seu primo Douglas, servidor público federal, à prática de ato de improbidade administrativa.

II. Horácio, não sendo agente público, concorreu para a prática de ato de improbidade administrativa praticado pela sua amiga Tábata, servidora pública federal ainda não estável.

III. Isabel, não sendo agente público, se beneficiou indiretamente pela prática de ato de improbidade administrativa praticado pela sua vizinha, Sofia, que exercia cargo em comissão na empresa pública “X”.

 

Nesses casos, as disposições da Lei nº 8.429/1992 serão aplicáveis, no que couber, a 

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX1+ZLm3NdJWWgtlqy6Dv9p74cs226ODdgP0=
RACIOCÍNIO LÓGICO
Questão 114207
FUNDATEC 2016 PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE-RS Sequência de Letras, Sequências Lógicas

A palavra que completa o grupo formado por maçã, mamão, manga, maracujá, melancia é:

 

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX18vN1CwMmsq1SPIFwbgduCQNY74Ox9M450=
Questão 120068
FCC 2018 TRT Séries Numéricas, Sequência de Números, Sequências Lógicas, Progressões


Na sequência (5, 7, 9, 11, 6, 8, 10, 12, 7, 9, 11, 13, 8, 10, 12, 14, 9, 11, 13, 15, 10, 12, 14, 16, 11, . . .), o número 15 aparece pela primeira vez na 20ª posição e aparecerá pela última vez na posição de número


  




Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX19gUoXJ9+V6IGNgv5q5eCzmlJWhOf7C+xk=
Questão 43718
A CASA DAS QUESTÕES 2014 A CASA DAS QUESTÕES Sequência de Imagens e Figuras, Sequências Lógicas

Cinco cartas, inicialmente dispostas como na figura, serão embaralhadas. Em cada embaralhamento, a primeira carta passa a ser a segunda, a segunda passa a ser a quarta, a terceira passa a ser a primeira, a quarta passa a ser a quinta e a quinta passa a ser a terceira. 

Qual será a primeira carta após 2012 embaralhamentos?

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX18286Ku4TLGg4bTFv3gQTJWGdy6NAYBrBg=
Questão 120066
FCC 2018 Prefeitura de São Luís – MA Problemas envolvendo jogos esportivos


Na primeira fase do Campeonato Brasileiro de futebol da série D, cada equipe disputa 6 partidas, recebendo, em cada jogo, 3 pontos em caso de vitória, 1 ponto em caso de empate e nenhum ponto em caso de derrota. Uma das equipes participantes marcou 4 gols e sofreu 4 gols nesses 6 jogos. O total de pontos que essa equipe conquistou na primeira fase do campeonato pode ser, no máximo, igual a





 

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX1+n+8EKs4OkVTiDsB1PJV46frURrIaeH1E=
Questão 120062
FCC 2018 SABESP Tabela-verdade, Lógica de argumentação, Equivalência contrapositiva, Fundamentos de lógica, Equivalência lógica e negação de proposições compostas

A respeito de um objeto, sabe-se que:

− se é pequeno, então é escuro;

 − se é quadrado, então é de papel;

− se não é pequeno, então não é quadrado.


Se o objeto é quadrado, é correto afirmar que ele é 

 

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX19003rvBdufLrRhUF1yFMA2D4mo3lvxkQk=
DIREITO CONSTITUCIONAL
Questão 21161
FCC 2009 TCE Dos Direitos Sociais (Art. 006 a 011), Dos Direitos e Garantias Fundamentais (Art. 005 a 017)

Ao dispor sobre os direitos dos trabalhadores urbanos e rurais, a Constituição da República admite, expressamente, que seja objeto de acordo ou convenção coletiva de trabalho:

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX1/VU9RXQvfQLkgm1jjM09egkEVEFXCp8Y4=
Questão 173970
FCC 2019 TRT Dos Direitos Sociais (Art. 006 a 011), Dos Direitos e Garantias Fundamentais (Art. 005 a 017)

Simão e seus primos Silas, Moisés e Diego pretendem trabalhar na empresa W objetivando juntar recursos financeiros para uma viagem internacional quando completarem 15 anos de idade. Considerando que Simão possui quatorze anos e dois meses de idade, Silas possui treze anos, Moisés doze anos e Diego quatorze anos e seis meses de idade, de acordo com a Constituição Federal,

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX19Cw806uwgbj7/Re0aIud/TEv8uj/nyFJ0=
PORTUGUÊS
Questão 122197
CESPE 2017 TRE Elementos Referenciais, Interpretação, Compreensão, Tipologia e Gêneros Textuais

Em sua definição, o voto em branco é aquele que não se dirige a nenhum candidato entre os que disputam as eleições. São considerados, portanto, votos estéreis, porque não produzem frutos. Os votos nulos, por sua vez, são aqueles que, somados aos votos em branco, compõem a categoria dos votos estéreis, inválidos ou, como denominou o Tribunal  Superior Eleitoral, votos apolíticos. Logo, os votos em branco e os nulos são votos que, a princípio, não produzem resultado nem influenciam no resultado do pleito.

Ao comparecer às urnas no dia das eleições, o eleitor que apresentar voto em branco ou nulo pode fazê-lo por diversas razões. Esses motivos podem embasar tanto a postura dos que votam em branco quanto a dos que votam nulo, pois o resultado final é o mesmo: invalidar o voto. Assim sendo, não é razoável diferenciar o voto em branco do voto nulo. Deve-se considerar a essência do ato, a sua real motivação, que é a invalidação. É evidente que não se sabe, ao certo, a razão que motiva cada eleitor a votar em branco ou nulo; entretanto, em ambos os casos, não há dúvida quanto à invalidade do voto por ele dado.

Renata Dias. Os votos brancos e nulos no estado democrático de direito: a legitimidade das eleições majoritárias no Brasil. In: Estudos eleitorais, v. 8, n.º 1, jan./abr. 2013, p. 36-8 (com adaptações)


A forma verbal “fazê-lo” remete a (“Ao comparecer às urnas no dia das eleições, o eleitor que apresentar voto em branco ou nulo pode fazê-lo por diversas razões. Esses motivos podem embasar tanto a postura dos que votam em branco quanto a dos que votam nulo, pois o resultado final é o mesmo: invalidar o voto.”)

A “o resultado final”.

B “embasar tanto a postura dos que votam em branco quanto a dos que votam nulo”.

C “voto em branco ou nulo”.

D “apresentar voto em branco ou nulo”.  

E “comparecer às urnas no dia das eleições”.  

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX1/dQysD0nkF5X4t6v47/mbEN3/l1Ivyaq0=
Questão 127407
FAURGS 2017 BANRISUL Semântica e Vocabulário, Sintaxe da Oração (Análise Sintática)

A maioria das pessoas acha que conviver com robôs é algo futurista, mas, de certo modo, eles já estão entre nós, influenciando decisões e, até mesmo, o rumo de nossas vidas. Do aplicativo que sugere sua próxima refeição, passando pelo serviço de streaming ofertando o filme que você vai assistir, até os secretários pessoais que auxiliam em situações diárias, os sistemas de inteligência artificial são uma realidade. Tudo isto constitui um caminho sem volta, na opinião de especialistas, que destacam os benefícios das maravilhas digitais, mas também alertam que o avanço dessas tecnologias pode, no futuro, tornar a inteligência humana obsoleta.

Robôs humanoides no cotidiano são ficção, não por limitações técnicas, mas pela dificuldade das pessoas em lidar com isso. “Basta colocar um smartphone num boneco que anda”, brinca o cientista de dados Ricardo Cappra, que atuou na estratégia digital da campanha presidencial de Barack Obama, em 2008. O exemplo pode parecer forçado, mas faz sentido. Celulares modernos têm assistentes virtuais que impressionam.

Com inteligência artificial, eles conhecem os hábitos dos donos e personalizam seu funcionamento. Além de realizar tarefas básicas, como organizar agenda, programar viagens e responder mensagens, eles analisam a rotina das pessoas e sugerem o horário em que devem sair de casa para o trabalho, considerando o tráfego no trajeto habitual, avaliam o histórico de buscas para oferecer notícias de interesse e podem até conversar, por voz, como uma “pessoa”.

Raúl Rentería, diretor do centro de pesquisas do Bing, da Microsoft, explica que a Cortana usa o conhecimento criado pelas conexões entre entidades no buscador. Com a repetição das buscas, o motor aprende a relacionar as informações. Sabe, por exemplo, que Flamengo é um bairro no Rio, mas também um time de futebol. E esses dados são usados pelo assistente virtual.

A inteligência artificial está em incontáveis outros serviços. Sites de comércio eletrônico analisam o perfil de buscas e compras de cada cliente para fazer ofertas personalizadas. Serviços de streaming de vídeo, como YouTube e Netflix, avaliam o que já foi assistido para sugerir opções ao gosto de cada um. Para especialistas, a digitalização facilitou a produção de informações, e a inteligência artificial surge como um filtro necessário.

Carlos Pedreira, professor de Engenharia de Sistemas e Computação da Coppe/UFRJ, explica que as tecnologias de inteligência computacional são desenvolvidas há anos, mas, recentemente, houve uma explosão no volume de dados e na capacidade de armazenamento e processamento dessas informações, o chamado Big Data.

– Os benefícios não são apenas na área do marketing e serviços – diz Pedreira. – Apesar de eu achar que os humanos nunca serão superados, existem situações em que os sistemas computacionais fazem coisas que não podemos. Na medicina, uma pessoa não analisa 20 medidas por célula de um conjunto de dois milhões de células. Essas máquinas conseguem.

Nem todos são simpáticos ao fenômeno. O historiador israelense Yuval Harari, autor do best-seller “Sapiens – Uma breve história da Humanidade”, acha que o ser humano se tornará obsoleto. Segundo ele, dentro de 40 anos, não só taxistas serão substituídos por carros autômatos, mas cerca de 50% de todos os empregos em economias avançadas. Isso impõe um desafio de sobrevivência da própria espécie.

– Provavelmente nós somos das últimas gerações do homo sapiens. Um bebê nascido hoje ainda terá netos, mas não estou certo de que esses netos terão netos, ao menos não humanos. Dentro de um século ou dois, os humanos se tornarão super-humanos ou desaparecerão. De qualquer forma, os seres que dominarão o planeta em 2200 serão mais diferentes de nós do que somos diferentes dos chimpanzés – acredita Yuval Harari.

Adaptado de MATSUURA, Sérgio. Robôs podem tornar inteligência humana obsoleta, dizem especialistas. O Globo, Rio de Janeiro, 18 de abril de 2016. 


Considere as seguintes afirmações em relação à oração Essas máquinas conseguem. 3449 / 3452

I - Essas máquinas retoma metaforicamente a expressão os humanos.

II - Esta oração não é gramaticalmente correta, pois o verbo conseguir necessita sempre de um complemento.

III - Esta oração apresenta um caso de elipse em que se subentende um termo ou termos já anteriormente enunciados na frase anterior.

“– Os benefícios não são apenas na área do marketing e serviços – diz Pedreira. – Apesar de eu achar que os humanos nunca serão superados, existem situações em que os sistemas computacionais fazem coisas que não podemos. Na medicina, uma pessoa não analisa 20 medidas por célula de um conjunto de dois milhões de células. Essas máquinas conseguem.”

Quais estão corretas?

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX18Xims2MfIiaLb0qZC6aZ7tp+XZe0pmADo=
Questão 108520
CESPE 2016 TRE Sintaxe da Oração (Análise Sintática), Concordância Nominal e Verbal

Ainda com relação aos aspectos linguísticos do texto Geografia eleitoral e manutenção do poder:..., assinale a opção correta.

 

 

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX1+SePOcV0KGVBfgeht4nOSRyBiG9qwfn64=
Questão 121196
FCC 2018 AGED/MA Coesão e Coerência, Redação

Explicar ou compreender?

Muitas coisas podemos explicar sem, propriamente, compreender. Mas a pessoa humana, em sua dimensão mais íntima e profunda, só pode ser compreendida, jamais explicada.

Posso explicar, segundo a lei da gravidade, a queda de uma pedra do décimo andar de um edifício. A pedra está totalmente sujeita à lei da gravidade, que a determina por inteiro, de modo a permitir uma explicação cabal desse fenômeno físico, dentro do princípio estrito da causalidade mecânica. Se, entretanto, um homem desesperado atira-se desse mesmo andar, o fato passa a pertencer a nível fenomênico inteiramente distinto.

Posso explicar a queda do seu corpo pela mesma lei da gravitação, mas, nessa medida, estou a assimilá-lo à pedra, e meu juízo é apenas o de um físico interessado na queda dos corpos. Se quero interpretar o seu gesto, tenho que compreendê-lo em seu significado, tenho que aceitá-lo em sua irredutível integridade. Será sempre um ato significativo, pleno de interioridade; uma resposta criadora da vontade, embora destrutiva, de uma liberdade pessoal acuada, frente a uma situação interna insuportável.

Se a pessoa humana é explicada, e não compreendida, destroem-se sua escolha e sua liberdade e, assim, degrada-se a sua história existencial. Sem liberdade interior não há história a ser compreendida, só fenômenos mecânicos. O homem, como pessoa, é um permanente emergir da necessidade, e essa emergência transcendente constitui o seu projeto como ser-no-mundo − projeto que não se pode explicar, mas que se deve buscar compreender.

(Adaptado de: PELLEGRINO, Hélio. Lucidez embriagada. São Paulo: Planeta, 2004, p. 28-29)

 

Articulam-se como uma causa e seu efeito, nesta ordem, os seguintes segmentos:

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX18GQPVhSYm9tb5eRVEjKFs4ewlnCxQHUzk=
Questão 115724
IOBV 2016 PREFEITURA MUNICIPAL DE CHAPECÓ-SC Polissemia e Figuras de Linguagem, Interpretação, Compreensão, Tipologia e Gêneros Textuais

“...  é a palavra que procura reproduzir aproximadamente certos sons ou ruídos.”

(SACCONI, L. A. Novíssima Gramática Ilustrada. 23ª edição. São Paulo: Nova Geração, 2010, p. 99)

 

No fragmento acima é feita a definição de um dos processos de formação de palavras mais conhecidos. Tal processo é chamado de:

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX181jMmMmk3du4pQgVwByFyiVuB/b2fKGKQ=
Questão 122157
CESPE 2017 PJC Confronto e Reconhecimento de Frases Corretas e Incorretas, Interpretação, Compreensão, Tipologia e Gêneros Textuais

A valorização do direito à vida digna preserva as duas faces do homem: a do indivíduo e a do ser político; a do ser em si e a do ser com o outro. O homem é inteiro em sua dimensão plural e faz-se único em sua condição social. Igual em sua humanidade, o homem desiguala-se, singulariza-se em sua individualidade. O direito é o instrumento da fraternização racional e rigorosa. O direito à vida é a substância em torno da qual todos os direitos se conjugam se desdobram, se somam para que o sistema fique mais e mais próximo da ideia concretizável de justiça social. Mais valeria que a vida atravessasse as páginas da Lei Maior a se traduzir em palavras que fossem apenas a revelação da justiça. Quando os descaminhos não conduzirem a isso, competirá ao homem transformar a lei na vida mais digna para que a convivência política seja mais fecunda e humana.

Cármen Lúcia Antunes Rocha. Comentário ao artigo 3.º. In: 50 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos 1948-1998: conquistas e desafios. Brasília: OAB, Comissão Nacional de Direitos Humanos, 1998, p. 50-1 (com adaptações)

Em cada uma das opções a seguir é apresentada uma proposta de reescrita de “O direito à vida é a substância em torno da qual todos os direitos se conjugam, se desdobram, se somam para que o sistema fique mais e mais próximo da ideia concretizável de justiça social.” Assinale a opção em que a proposta de reescrita mantém o sentido e a correção gramatical do referido texto

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX1/dR/BgoJ7bQxQoC0sQB4cd8B6qqEKl89U=
Questão 123706
FCC 2019 A CASA DAS QUESTÕES Redação

Em um marco estritamente institucionalista, pode-se dizer que república é uma forma de governo que se distingue da

forma monárquica. Tal distinção deve-se ao fato de que o fundamento do poder nas repúblicas não está associado a

governo unipessoal e à sucessão dinástica, tal como nas monarquias, invariavelmente governadas por casas reais. Ainda

que, ao longo do século 20 − e mesmo no início do 21 −, o termo “república” tenha sido utilizado na autodenominação

de regimes políticos autoritários, de modo geral a ideia contemporânea de república aproxima-se da de democracia,

posto que está associada à soberania popular, exercida por meio da participação em eleições regulares, livres,

competitivas e extensivas a todos os postos politicamente relevantes. A tais traços devem ser acrescentadas a distinção

e a separação entre teologia e política.


A ideia de república como forma de governo que se constitui como negação da forma monárquica ganhou consistência a

partir da emergência das duas revoluções republicanas modernas, em fins do século 18. Embora suas origens, durações

e efeitos tenham sido distintos, tanto a Revolução Americana (1776) como a Revolução Francesa (1789) tiveram imenso

papel na afirmação de uma forma de governo diversa da tradição monárquica europeia.


Durante o século 19, tanto na Europa quanto nas antigas periferias coloniais − América

do Sul, por exemplo –, vários movimentos democratizantes ou de libertação nacional

evocaram a forma republicana, sempre na chave de repúdio à forma monárquica de

governo unipessoal com fundamento dinástico. As revoluções europeias de 1830 e

1848, assim como os movimentos nacionais na América Espanhola, estruturaram-se em

torno de ideais republicanos, cujo núcleo invariavelmente gravitava em torno da

necessidade de afirmar o princípio da soberania popular.


A própria experiência brasileira, tardia com relação à da América do Sul, teve nesse traço um aspecto

importante. Entre nós, a defesa da república, durante o século 19, caracterizou-se menos pela defesa de

um programa claro de reforma para a sociedade e a política e mais pela simples negação do governo

monárquico e pessoal de D. Pedro II. A primeira década republicana no Brasil foi marcada por forte

instabilidade e por intensa disputa a respeito do que deveria significar um regime republicano. Coube

ao governo do paulista Campos Salles (1898-1902) estabelecer as bases do regime, que vigoraram até

1930.


Ainda que, ao longo do século 20 − e mesmo no início do 21 − , o termo

“república” tenha sido utilizado na autodenominação de regimes políticos

autoritários, de modo geral a ideia contemporânea de república

aproxima-se da de democracia, posto que está associada à soberania

popular, exercida por meio da participação em eleições regulares, livres,

competitivas e extensivas a todos os postos politicamente relevantes.


Afirma-se com correção sobre o que se tem acima

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX19HYluuylDhrbyepneTBISRqxaAQzS9cuk=
Questão 114900
CESPE 2016 TRE Identificação da Ideia Central, Polissemia e Figuras de Linguagem, Interpretação, Compreensão, Tipologia e Gêneros Textuais

 

A respeito da representação dos sons e ruídos, no segundo quadrinho, assinale a opção correta.

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX1+OldZwWN2Zrb4so2lUcT+p6P24tDix2Rk=
Questão 110794
FGV 2016 PREFEITURA MUNICIPAL DE CUIABÁ-MT Pontuação

Assinale a opção que indica a frase que se encontra na ordem direta. 

 

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX1+3JZnhqc59Q378onL/IO4AMbk37KA2Izs=
Questão 127526
VUNESP 2019 A CASA DAS QUESTÕES Regência Nominal e Verbal

Foi no domingo passado, andando pela feira-livre aqui da Lapa e dando uma olhada nas bancas, que

percebi que muitas daquelas frutas maravilhosas ali expostas simplesmente não existiam no meu tempo

de menino. O kiwi, por exemplo. Quando usava calças curtas, kiwi era aquele bichinho da Nova Zelândia,

um dos poucos verbetes da letra K, na enciclopédia que ficava na estante da minha casa. Não havia

tomate cereja! Vivíamos sem ele. Como não havia a lichia. A gente não encontrava goiaba na feira, como

não encontrava jabuticaba, nem carambola. Goiaba era só no pé e com bicho, não existia goiaba sem

bicho. Jabuticaba, só em Sabará, e carambola, só na chácara de Dona Catarina, em Cataguases.


Laranja era a pera, a Bahia e a lima. Hoje tem até laranja Bahia importada da Espanha, sem contar o

grapefruit, primo de primeira da laranja. Aos poucos, novas frutas vão invadindo o mercado: uxi, xixá,

tapiá, sapucaia, monguba, marolo... Quem manteve a linha e não inventou moda foi a banana, que

continua a mesma de sempre. A prata, a nanica, a maçã, a banana-da-terra e a ouro. E todas – dizem –

ainda a preço de banana.


Assinale a alternativa em que a preposição destacada obedece ao princípio de regência

da norma padrão.

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX1+HLIuk4seGydClB/ZLSyZ7N8/oQZwGoFY=
INFORMÁTICA
Questão 121050
CESPE 2018 IF-FARROUPILHA-RS E-mail Conceitos Gerais, E-mail

Considere que um provedor de emails limite em 10 MB o espaço disponível para o envio de arquivos e que se deseje enviar 10 arquivos, sem compactação, cada um deles tendo 1.400 KB de tamanho. Nesse caso, em um único email, a quantidade máxima de arquivos que poderá ser enviada é igual a

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX18kxWCnZJBpHZsXyysR+NKvipvzcvkACl0=
Questão 120094
FUNDATEC 2017 PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS-PR Microsoft Word 2010, Microsoft Word, Editores de Texto

Analise os seguintes ícones do Microsoft Word 2010:. Assinale a alternativa que representa, respectivamente, as funcionalidades desses ícones.

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX19LSW6T2KlkyOF+ZQpq54GauTRBpU61JX4=
Questão 120099
FUNDATEC 2017 PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS-PR Microsoft Excel 2010, Microsoft Excel, Planilhas Eletrônicas

No Excel 2010, clicando no botão abaixo, localizado na guia Página Inicial, analise as seguintes assertivas sobre as opções disponíveis:

 

I. Classificar de A a Z.

II. Filtro.

III. Localizar.

 

Quais estão corretas?

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX18XzyoDB7wHEBOXA3zWaU+PY0lXrfdj+mc=
Questão 120130
FUNDATEC 2017 IGP Windows 7, Internet Explorer, Windows, Sistemas Operacionais, Navegadores, Conceitos e Ferramentas Relacionadas com a Internet

Um usuário tem um computador com o sistema operacional Windows 7 Professional e navegador Internet Explorer 11 (IE 11) e, para protegê-lo de "softwares maliciosos" como vírus e worms, ele pediu a opinião de um conhecido, que sugeriu a adoção dos seguintes procedimentos de segurança para evitar tais "softwares maliciosos":

 

I. Habilitar o Windows 7 Professional e IE 11 para que sejam atualizados, automaticamente, com as versões mais recentes de segurança.

II. Manter o firewall atualizado e ativo.

III. Não abrir mensagens de e-mail de spam, nem acessar sites suspeitos.

 

Quais estão corretos?

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX18s656MO7in6GDKpiKEj9FkcMOUDlBeous=
ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA ORÇAMENTÁRIA
Questão 86758
CESPE 2013 TCU Princípios Orçamentários

Acerca dos planos e orçamentos públicos, em particular no Brasil, julgue o item seguinte.

As fundações educacionais públicas federais integram o orçamento da União, a exemplo das autarquias, constituindo as instituições de ensino superior. Essa característica decorre da aplicação do princípio orçamentário da universalidade.

 

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX19nw6QOGhDGyC1clxJs0Mrim8hv7f5jfEI=
ARQUIVOLOGIA
Questão 105561
BIORIO 2015 IF-RJ Teoria das Três Idades

Em relação aos arquivos públicos, avalie as afirmativas a seguir:

I. Os documentos públicos são identificados como correntes, intermediários e permanentes.

II. Documentos correntes são aqueles em curso ou que, mesmo sem movimentação, são frequentemente usados como consulta.

III. Documentos intermediários são os documentos de valor histórico, probatório e informativo que devem ser definitivamente preservados.

IV. Documentos permanentes são aqueles que, não sendo de uso corrente nos órgãos produtores, aguardam, por razões de interesse administrativo, sua eliminação ou recolhimento para guarda permanente.

Estão corretas apenas as afirmativas:

 

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX1/QEfdiPia44DC3Y8seCV9bSPA6tV3ViBw=
Questão 115208
CESPE 2015 FUB Princípios Arquivísticos, Arquivos - Conceitos e Definições

Situação hipotética: Uma instituição de ensino, com unidades em várias regiões do país, possui um arquivo geral que centraliza os documentos de todas as suas unidades vinculadas. Assertiva: Nessa situação, a criação desse arquivo geral deu-se em função da classificação dos arquivos pela natureza dos documentos

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX1+4qbg4Zy3qpQUrZJQHP2+D0p5Gh3XcjQg=
Questão 115217
CESPE 2016 DPU Instrumentos de Gestão Arquivística: plano de classificação e tabela de temporalidade, Arquivos Correntes

Os documentos eletrônicos devem ser avaliados de acordo com a tabela de temporalidade e classificados a partir do plano de classificação.

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX1/VMxRWSDuBUv++lsojzQl0yJcswRt/+CQ=
Questão 115219
CESPE 2015 FUB Instrumentos de Gestão Arquivística: plano de classificação e tabela de temporalidade, Arquivos Correntes

A tabela de temporalidade deve ser aplicada nos arquivos permanentes, o que possibilita a eliminação de documentos nessa fase arquivística.

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX1/Jblr31fFL3NXJ6pKIB8xS5q0Dl9Gfg4w=
Questão 120200
QUADRIX 2017 CRMV Instrumentos de Gestão Arquivística: plano de classificação e tabela de temporalidade, Arquivos Correntes

A classificação adequada dos documentos de arquivo é feita de acordo com a espécie do documento.

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX1+M8PUla+WJ2mbiDKlOGQ58ZfS9OdI5Pcw=
Questão 115216
CESPE 2016 DPU Instrumentos de Gestão Arquivística: plano de classificação e tabela de temporalidade, Arquivos Correntes, Protocolo

A classificação de documentos de arquivo é feita de acordo com o assunto ou o tema do documento

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX1+b3+42tfZ5wxcIbY6VX6D9FMUpYUktLH8=
Questão 108636
FGV 2016 CODEBA Teoria das Três Idades

Sobre  a  identificação  de  documentos  públicos,  analise  as afirmativas a seguir.

 

I. Documentos correntes são aqueles em curso ou que, mesmo sem movimentação, constituem  objeto  de  consultas frequentes.

II. Documentos  intermediários  são  aqueles  que,  por  razões  de interesse  administrativo,  aguardam  sua  eliminação  ou  seu recolhimento para guarda definitiva.

III. Documentos  permanentes  são  aqueles  que  têm  valor histórico,  probatório  e  informativo,  devendo  ser definitivamente preservados.

 

Está correto o que se afirmar em 

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX1/3WXObBC6jjUzhKtyyJyXohDeDFVLHXTw=
Questão 107755
FCC 2015 DPE Procedimentos Administrativos, Protocolo, Arquivos Correntes

O ato pelo qual determinado documento, depois de recebido no setor de protocolo, passa a constituir processo é conhecido como

 

 

Encontrou erro na questão?
U2FsdGVkX1/yelvhHdeXVMY4vM2FNM4Gn0zw8oLNh3w=